)Sarau(

Haute cuisine / Rodrigo Garcia Lopes; poesia brasileira contemporânea

Rodrigo Garcia Lopes

 

 

 

 

 

 

A linguagem nebulosa dos trapaceiros serve apenas a objetivos temporários.

Ezra Pound

 

Vende-se

 

Poema limpinho, recatado, do lar,

gestos medidos, voz doce,

Inspirado em __________ ou ____________     

(preencha você),

 

Fácil de escrever,

“conceitual à beça”

prosaico até dizer chega

 

Não fede nem cheira

Sem susto nem substância                

Recheado de clichês

 

Vende-se

Vendo-me

Foda-se

 

Inocência morreu de velhice e álcool

Quero aproveitar minha evidência

Os 15 minutos de Andy Warhol

 

Em lugar de poesia eu trago a pose

(o que você achou que fosse?)

Não importa ter algo a dizer

 

Eu quero a poesia gourmet

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

++++++++++ ilustração de V.A.N.E.S.S.A. M.A.R.Q.U.E.S. L.I.R.A._____________

 

RODRIGO GARCIA LOPES traduziu Epigramas, de Marcial, O navegante (anônimo anglo-saxão), Rimbaud, Whitman, Apollinaire, tendo apresentado as obras de Laura Riding e Sylvia Plath ao leitor brasileiro. Também lançou um livro de entrevistas com personalidades da arte e da cultura norte-americanas, um romance policial, dois álbuns de canções e coeditou por doze anos a revista Coyote, publicando poetas e prosadores brasileiros e do exterior.O enigma das ondas é o sétimo livro de poemas de Rodrigo Garcia Lopes, um dos mais instigantes e inquietos poetas brasileiros que vem, desde os anos 80, construindo uma sólida carreira literária, com vários títulos publicados por esta casa editorial.

 

 

VANESSA MARQUES LIRA é artista visual e professora de arte, no Brasil, porque só o amor, a educação e a cultura podem salvar a humanidade.

 

 

 

18/10/2020