)Sarau(

Dançar a vida / poesia; Rachel Chaves.

Raquel Chaves

 

 

 

 

 

 

Dia 37
 
 
 
Tempos confusos
Silenciosos
Pacatos
Vazios
Solitários
 
Não sei se é melancolia
Ou se é luto
Mas eu luto
Para sair desse plano
Com urgência
 
A mesma urgência
que a pressão tem
Para sair da panela
 
E explodir
Até não restar nada
Até que o mais alto grau celsius
Queime tudo em volta
E estrague e incendeie e destrua
Toda essa amargura
Em forma de silêncio
Isolamento
Morte e tristeza
E dê espaço para o novo de novo
Para o simples
 
Para aquilo mais tem feito falta
 
 
 
 
A verdade à frente dos olhos
 
 
 
 
Deixo os dias seguirem rumo à memória
Assim como a chuva segue na ladeira
Natural e sem medo de seu lugar
E do que vai ser dela
Porque hoje sei e acredito
De olhos pregados
Que o tempo é só um elemento
Que compõe o que criamos
Não sei dizer o nome disso
Só sei que a raiz é saudável
E que é forte
 
Mas acima de tudo
Com uma proficiência de respeito
imutável
 
 
Dançar a vida
 
 
 
5, 6, 7 e às 8
Eu começo a sapatear pela casa
Em busca do ritmo que me leve
Aonde anseio ir
 
Danço pelas ruas até a
Parada de ônibus que me conduz
À dança que me sustenta
 
Saio de lá e vou para a pista
Ainda dançando e girando
E ora cantando pra esquecer
 
Se eu não dançar por bem
Não poderei ser a condutora
Desse grande baile de ritmos
Que é a minha vida
 
Aí sim vou sofrer
Porque dançar pode até ser cansativo
Mas é necessário
 
E honestamente
Eu amo
 
 
 
 

+++++++++++ilustração+de+stênio+santos++++

 

RAQUEL CHAVES é professora de inglês, apreciadora de literatura e sommelier de memes. Ama gatos, mas, infelizmente, é alérgica. Morou nos Estados Unidos a fim de trabalhar, estudar e encontrar-se. Trabalhou, estudou e encontrou-se; então voltou. Nas horas vagas, escreve poemas para o Tertúlia e o Pausa Retórica.

STÊNIO SANTOS nasceu em São Joaquim da Barra, interior de São Paulo e é formado em Design pela Universidade Federal de Uberlândia. Desenha pra se encontrar e consome arte pra se perder. Apaixonado pelo surreal e onírico e por todas as coisas que se escondem no inconsciente humano. CONTATO: stenio_sjb@hotmail.com

 

04/10/2020